Projeto Allan Kardec

MANUSCRITOS RAROS DE ALLAN KARDEC

Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)

O projeto Allan Kardec tem por principal objetivo permitir o acesso do público em geral e de pesquisadores a centenas de manuscritos e documentos originais de Allan Kardec, que nunca haviam sido divulgados e editados. Assim, o projeto pretende se tornar referência para fontes históricas primárias ligadas ao pensador francês. Três grandes coleções compõem atualmente o grosso do acervo do projeto Allan Kardec: a Coleção Canuto Abreu, a Coleção AKOL e a Coleção Forestier. Acesse link

Projeto Allan Kardec:

LANÇAMENTO DOS MANUSCRITOS

DE ALLAN KARDEC

O pensador francês Allan Kardec (1804-1869), a partir de investigações e estudos de fenômenos psíquicos/espirituais, fundou uma filosofia espiritualista à qual deu o nome de Espiritismo. Essa filosofia se disseminou no Brasil, predominantemente, como sendo um sistema religioso. Atualmente, os espíritas representam o terceiro maior grupo religioso do Brasil e Allan Kardec se tornou um dos pensadores franceses de maior influência sobre a sociedade brasileira. Milhões de exemplares de seus livros já foram impressos no país; ele é provavelmente o autor francês mais lido no Brasil. Assim, percebe-se a necessidade da ampliação de estudos acadêmicos sobre sua vida, obra e pensamento, cada vez com mais rigor e profundidade. A relativa carência de fontes primárias de Allan Kardec representa uma marcante limitação dessas investigações, que nas últimas décadas têm sido empreendidas por acadêmicos de diversas áreas, tanto no Brasil como no Exterior.

Esta plataforma digital faz parte do Projeto Allan Kardec. O projeto tem por principal objetivo permitir o acesso do público em geral e de pesquisadores a centenas de manuscritos e documentos originais de Allan Kardec, que nunca haviam sido divulgados e editados. Assim, o projeto pretende se tornar referência para fontes históricas primárias ligadas ao pensador francês.

Para tanto, estamos estabelecendo parcerias com instituições ou colecionadores que possuem manuscritos originais de Allan Kardec, bem como com instituições e pesquisadores colaboradores para os trabalhos de transcrição, tradução e análise crítica desses manuscritos.

O projeto começou a partir de um convênio entre a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e a Fundação Espírita André Luiz (FEAL). A FEAL, que sedia o Centro de Documentação e Obras Raras (CDOR), é responsável pela manutenção do acervo físico e sua digitalização, enquanto a UFJF se responsabiliza pelo armazenamento digital, publicação e análise. O trabalho de transcrição e tradução é feito em parceria pela UFJF e FEAL, contando com a ajuda de pesquisadores de diversas instituições.

Acervos do Projeto Allan Kardec:

Três grandes coleções compõem atualmente o grosso do acervo do projeto Allan Kardec: a coleção Canuto Abreu, a coleção AKOL e a coleção Forestier.

1) Projeto Allan Kardec - Coleção Canuto Abreu:

Silvino Canuto Abreu (1892 - 1980) foi um advogado, farmacêutico e médico, além de um notável pesquisador espírita e atuante divulgador do Espiritismo. Entre outras obras, destaca-se O Livro dos Espíritos e sua tradição Histórica e Lendária. Atraído pelo forte interesse nos registros históricos acerca dos fenômenos espirituais, metapsíquicos e paranormais, ele viajou esmiuçando bibliotecas e museus de diversas partes do mundo, especialmente o Museu Britânico, o Museu do Vaticano e a Biblioteca Nacional da França, coletando dados, adquirindo peças e assim formou uma riquíssima biblioteca pessoal. Seus herdeiros então idealizaram a fundação de um instituto para preservar a sua memória e a sua obra — o Instituto Canuto Abreu. O empréstimo dessa coleção chegou a ser negociado com a Federação Espírita Brasileira para ser disposta num Museu Espírita em São Paulo, todavia esse planejamento não resultou em efetividade, vindo enfim a alcançar êxito com o acordo firmado com a FEAL, até chegar à parceria com o projeto da UFJF.

Essa coleção compreende uma biblioteca, contendo obras clássicas sobre o Cristianismo, o Magnetismo Animal, o Sonambulismo e o Espiritismo, manuscritos e documentos de Canuto Abreu e manuscritos e documentos de Kardec, dos quais constam principalmente de cartas e rascunhos de resposta a correspondências diversas, de breves anotações e reflexões, de preparações de preces e de evocações, algumas destas provavelmente utilizadas nas constantes sessões mediúnicas da Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas ou em sessões mediúnicas particulares. Acesse o link.

2) Projeto Allan Kardec - Coleção AKOL:

Engenheiro naval e pesquisador espírita, Adair Ribeiro começou a adquirir sua coleção particular de documentos originais do Espiritismo a partir de 2018, garimpando sites de casas de antiquários, sendo a maior parte comprada da célebre Livraria Leymarie, então sob a direção de Philipe Chigot — que adota o sobrenome Leymarie, a exemplo de seu pai (Michel Chigot, dito Michel Leymarie) que comprou a livraria do sócio de Paul Leymarie nos anos 1970. Essa coleção é composta de obras clássicas sobre o Espiritismo e manuscritos e documentos de Kardec, dentre os quais, principalmente cartas, breves anotações e reflexões, bilhetes, transcrição de mensagens com Espíritos, psicografias, algumas destas recebidas na Sociedade Parisiense ou a ela enviadas de diversos outros centros espíritas da Europa, fotografias e pinturas originais. Acesse o link.

3) Projeto Allan Kardec -  Coleção Forestier:

A terceira grande coleção do projeto vem da França e leva o nome de um memorável discípulo do Espiritismo da segunda geração: Hubert Forestier (1901-1971), o sucessor do filantropo espírita Jean Meyer na liderança do movimento espírita francês e demais regiões da Europa. Foi ele quem, na iminência de um saque dos nazistas — que de fato se deu em 1940 — se encarregou de evacuar a Maison des Spirites, levando parte dos documentos kardequianos para sua casa de campo no Sul da França, durante a II Guerra Mundial, e, após seu falecimento, ficando preservados esses documentos sob a tutela de seu filho, Jean Forestier, que em 2007 os entregou a Roger Perez, importante liderança espírita na Europa na passagem do século XX para o seguinte; depois disso, seu principal sucessor, Charles Kempf fez com que essa coleção fosse compartilhada com o Projeto Allan Kardec da UFJF, da qual constam, dentre outros documentos, cartas de Kardec (da época do Prof. Rivail e depois da de codificador espírita), cartas de Madame Kardec, diplomas de Kardec, documentos pessoais (passaporte, alistamento militar etc.) Acesse o link.

Fonte: Projeto Allan Kardec (Coleções de manuscritos Allan Kardec)

Fonte: Portal Luz Espírita (Projeto Allan Kardec - Coleção Forestier)

Fontes: Lançamento do portal do Projeto Allan Kardec (Evento virtual de lançamento do portal do Projeto Allan Kardec da UFJF (http://projetokardec.ufjf.br/), que reúne manuscritos originais de Allan Kardec (1804-1869), pensador francês que desenvolveu investigações sobre fenômenos psíquicos/espirituais e fundou uma filosofia espiritualista à qual deu o nome de Espiritismo.

Fontes: Projeto Allan Kardec - O Acervo Forestier (Bruno Tavares entrevista Charles Kempf) (Federação Espírita Francesa)

 

Coleção Forestier

MANUSCRITOS ORIGINAIS DE ALLAN KARDEC

 

DD/MM/1867 - Discurso de Allan Kardec [180F]

02/12/1866 - Prece de Allan Kardec [179F]

12/09/1864 - Carta de Allan Kardec para Amélie Boudet [178F]

21/09/1863 - Carta de Allan Kardec para Amélie Boudet [187F]

15/09/1863 - Carta de Allan Kardec para Amélie Boudet [186F]

11/09/1863 - Carta de Allan Kardec para Amélie Boudet [185F]

06/09/1863 - Carta de Hipolite Rivail para Amélie Boudet [177F]

12/10/1862 - Carta de Allan Kardec para Amélie Boudet [176F]

08/10/1862 - Carta de Allan Kardec para Amélie Boudet [175F]

04/10/1862 - Carta de Allan Kardec para Amélie Boudet [174F]

03/10/1862 - Carta de Allan Kardec para Amélie Boudet [173F]

28/09/1862 - Carta de Allan Kardec para Amélie Boudet [172F]

25/09/1862 - Carta de Allan Kardec para Amélie Boudet [171F]

23/09/1862 - Carta de Allan Kardec para Amélie Boudet [170F]

18/09/1862 - Carta de Allan Kardec para Amélie Boudet [169F]

20/09/1861 - Carta de Allan Kardec para Amélie Boudet [168F]

06/11/1843 - Carta de Allan Kardec para Amélie Boudet [167F]

22/10/1843 - Carta de Allan Kardec para Amélie Boudet [166F]

12/10/1843 - Carta de Allan Kardec para Amélie Boudet [165F]

23/06/1842 - Carta de Hypolite Rivail para Amélie Boudet [164F]

21/06/1842 - Carta de Hypolite Rivail para Amélie Boudet [163F]

12/10/1841 - Carta de Hypolite Rivail para Amélie Boudet [162F]

16/08/1841 - Carta de Hypolite Rivail para Amélie Boudet [161F]

19/09/1837 - Carta de Hypolite Rivail para Amélie Boudet [160F]

08/10/1834 - Carta de Hypolite Rivail para Amélie Boudet [159F]

26/08/1834 - Carta de Hypolite Rivail para Amélie Boudet [158F]

04/08/1834 - Carta de Hypolite Rivail para Amélie Boudet [157F]

26/09/1831 - Carta de Jeanne Louise Rivail para Amélie Boudet [156F]

08/09/1831 - Carta de Hypolite Rivail para Amélie Boudet [155F]

13/08/1831 - Carta de Hypolite Rivail para Amélie Boudet [154F]