A HISTÓRIA DO ESPIRITISMO

NA LINHA DO TEMPO

 

 

OS GRANDES CONGRESSOS ESPÍRITAS INTERNACIONAIS

(EM VÁRIOS IDIOMAS) (COM TRADUÇÃO)

(1888 - 1946)

 

JORNAIS E PERIÓDICOS ESPÍRITAS CLÁSSICOS

(EM VÁRIOS IDIOMAS)

(1858 - 1947)

 

as primeiras edições publicadas por Allan Kardec

(OBRAS DA CODIFICAÇÃO ESPÍRITA)

Apresentação do site:

O site vem apresentar dezenas de materiais contendo a História do Espiritismo no Brasil e no Mundo, agrupados em distintas fontes, a saber: Os Grandes Congressos Espíritas Internacionais, Jornais e Periódicos Espíritas Clássicos do Brasil e do Movimento Espírita Internacional, Os resgates das obras originais das primeiras edições publicadas por Allan Kardec. E por último a tradução dos grandes Congressos Espíritas Internacionais.

Graças a esses admiráveis missionários do passado, que souberam ampliar o ideário espírita na Terra, temos, atualmente, suas pesquisas científicas, que são robustos convites ao despertamento da consciência do homem, a fim de ingressar definitivamente na dimensão do espírito.

Em que pese as condenações dos adversários, Kardec proferiu: "a Ciência marchará com os homens, sem os homens e apesar dos homens", conquanto tenhamos ciência que “O Espiritismo será o que os homens fizerem dele”, segundo advertiu Léon Denis, o Consolidador da Doutrina dos Espíritos.

Irmãos W. e Jorge Hessen

Dados Históricos do Movimento Espírita Internacional:

A Cronologia da Revista Espírita e do Movimento Espírita Francês

1858 - Em janeiro a Revue Spirite é criada por Allan Kardec, na sua residência, situada na Rua dos Mártires, 8.

Em 01/04, Allan Kardec fundava em Paris a "Société Parisienne des Études Spirites" (Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas), que funcionou inicialmente na galeria de Valois no Palais Royal (Galeria de Valois, 35 e depois Galeria Montpensier, 12... num salão do restaurante Douix)

1860 - Em abril a "Revue Spirite" e a "Société Parisienne des Études Spirites" são transferidas para a Passage Sainte-Anne, na Rue Ste.-Anne, 59.

1869 - (31 de março) - Desencarna subitamente Allan Kardec, enquanto atende a um caixeiro de livraria, no seu apartamento da Rue Ste.-Anne, muito provavelmente vitimado pela ruptura de um aneurisma de aorta (há controvérsias... poderia ser uma insuficiência cardíaca congestiva, conforme aponta L. Palhano Jr, e com quem concordamos).

No dia seguinte, deveria desocupar esse imóvel, indo para a casa da Villa Ségur; e os escritórios da Revue Spirite, a "Société Parisienne des Études Spirites" e a Librairie Spirite para a Rue de Lille 7.

O corpo foi sepultado ao meio-dia de 2 de abril, no cemitério de Montmartre. Estima-se que mais de mil pessoas acompanharam o cortejo, que seguiu pelas ruas de Grammont, Laffitte, Notre-Dame-de-Lorette, Fontaine e pelo Boulevard de Clichy. À beira da sepultura, Camille Flammarion, astrônomo e médium da SPES, pronunciou o seu importante discurso, que a FEB fez figurar na sua edição de Obras Póstumas. Na primeira reunião da SPES após esse fato, os membros presentes lançaram a ideia de se levantar um monumento ao mestre, que logo recebeu adesão de espíritas de muitas cidades. Foi assim que se fez construir o famoso dólmen do cemitério Père-Lachaise, para onde os restos mortais de Kardec foram transladados a 29 de março de 1870.

1869 - (abril) Transferência do escritório da "Revue Spirite" e da “Société Parisienne des Études Spirites" para a Rue de Lille 7. Essa rua é uma das laterais do famoso Museu D'Orsay. Kardec desencarnou enquanto fazia as arrumações para a mudança, no dia 31 de março do mesmo ano.

1869 - (abril) Assume Sr. Emile Malet a direção da Presidência da Société Parisienne des Études Spirites".

1869 - (julho) - A Librairie Spirite é inaugurada tendo a frente a Sra. Rivail e o médium Desliens. A Sociedade Anônima do Fundo [ou Caixa] Geral e Central do Espiritismo (SA) foi fundada também em julho de 1869, sob o comando de Desliens e Tailleur.

1869 - (28 de julho) Se demite Sr. Emile Malet da presidência da Société Parisienne des Études Spirites".

1870 - (janeiro) Criado o novo estatuto da Société Parisienne des Études Spirites, tendo Camille Flammarion, presidente honorário — Eugène Bonnemère como presidente — Emile Malet como vice-presidente Emile Malet — No comitê central L. Morin (Louis Joseph Félix Morin) secretário principal — Secretario Adjunto A. Ravan — Tesoureiro. J. Henry — Comitê Central: Miss A. Blackwel, E. Barrault, Canaguier, A. Bertrand, Collard e outros.

1870 - (31 de março) - Inaugura-se o monumento druida do Père-Lachaise. Esse famoso cemitério é considerado museu, tendo sido ali sepultados inúmeros dos grandes vultos franceses e mesmo de outros países.

Quando de sua inauguração, o dólmen não registrava a célebre frase "Nascer, morrer, renascer ainda e progredir continuamente, tal é a lei", que foi esculpida ainda em 1870. Ao contrário do que muitas vezes se afirma, essa frase não se deve textualmente ao próprio Kardec, não obstante represente corretamente o pensamento espírita.

1871 - (junho) Pierre-Gaëtan Leymarie assume a gerência da Revue Spirite juntamente com o comando da SA (Sociedade do Fundo Geral e Central do Espiritismo), depois da renúncia do médium Desliens. Fonte: Revista Espírita, 14º ano, nº 9, setembro de 1871 (https://www.retronews.fr/journal/la-revue-spirite/1-septembre-1871/1829/3285595/30).

1873 - (junho) Com a renúncia do Sr. Bittard, Leymarie assume também a Librairie Spirite. Fonte: Revista Espírita, 16º ano, nº 6, junho de 1873 (https://www.retronews.fr/journal/la-revue-spirite/1-juin-1873/1829/3285513/1).

Em meados de outubro a sociedade muda o nome para Sociedade para a Continuação das Obras Espíritas de Allan Kardec, anônima e de capital variável. Fonte: Revista Espírita, 17º ano, nº 1, janeiro de 1874 (https://www.retronews.fr/journal/la-revue-spirite/1-janvier-1874/1829/3285495/8).

1875 - 16/06 É instaurado o Processo dos Espíritas, procedimento judicial em Paris em que o então diretor da "Revue Spirite", Pierre-Gaëtan Leymarie, foi julgado e condenado sob a acusação de publicar fotografias fraudulentas de espíritos desencarnados.

1877 - A Société Parisienne des Études Spirites se muda para a Rue Saint-Denis 183, tendo na presidência o Sr. Charles Boiste, que pertenceu ao grupo original de Allan Kardec.

1878 - A Revue Spirite e a Librairie Spirite se muda para 09 rue des Petits-Champs. Leymarie organiza a "Société Scientifique pour les études psychologiques" para o estudo e experimentações em torno da mediunidade e do magnetismo animal, e análise das obras de Cahagnet, de Roustaing, da doutrina de Swedenborg fugindo a orientação do Mestre de Lyon.

1881 - Em 03/03 Falecimento de Sr. Charles Boiste, presidente da Société Parisienne des Études Spirites, estando a frente durante 08 anos desta referida instituição.

1882 - Em 24/12 se propõem a formação de uma assembleia geral para organizar a “Union Spirite Française” e a criação de um jornal.

1883 - Em 15/01 é criado o estatuto da “Union Spirite Française” e o Jornal "Le Spiritisme".

1883 - Em 21/01 Amèlie Gabrielle Boudet, a mulher de Kardec, falece aos 87 anos, e saindo o féretro de sua residência, na Avenida de Ségur n. 39 (o endereço da Vila Ségur era a Avenida de Ségur, 39), para o Père-Lachaise, a 12 quilômetros de distância.

1883 - A Sociedade para a Continuação das Obras Espíritas de Allan Kardec, anônima e de capital variável. Ocorre a mudança para o nome da Sociedade Científica do Espiritismo.

1884 - O Sr. Simon Alexandre Bourgès presidente da Société Parisienne des Études Spirites publica a obra "Philosophie Contemporaine Psychologie Transformiste Évolution de I'Intellingence". Prefaciado por Sophie Rosen (Dufaure)

1884 - Em julho a Société Parisienne des Études Spirites se muda para galeria de Valois 167 no Palais Royal compartilhando o mesmo endereço da "Union Spirite Française”. Tendo à frente da presidência da sociedade Sr. Simon Alexandre Bourgès que era um dos antigos espíritas do tempo de Allan Kardec.

1885 - Em outubro a Société Parisienne des Études Spirites se muda novamente para a Rue Saint-Denis 183.

1885 - Em novembro e lançado o "La Pensée Libre" Bulletim de La Société Parisienne des Études Spirites, no período pós-Kardec. Redação e Administração do jornal espírita. Sr. Émilie de Rienze e o Sr. Emile Blin.

1886 - Em outubro falece Sr. Simon Alexandre Bourgès, um dos lendários militantes espíritas francês. Esteve a frente da Revue Spirite durante a prisão de Leymarie no processo dos espíritas. Foi um dos fundadores da "Union Spirite Française”, e presidente honorário da Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas.

1887 - Em agosto a Société Parisienne des Études Spirites empossou como: Presidente Sr. Emile Blin; vice-presidente Sr. Ponsot; secretário Sr. di Rienzi; tesoureiro Sr. Lebourgeois; bibliotecário Sr. Fourès. No mês de outubro a reabertura das sessões, rue St-Denis, nº 133, aos sábados, às 8 horas da noite.

1888 - Assume Sr. Camille Chaigneau um dos últimos presidentes da Société Parisienne des Études Spirites que foi fundada por Allan kardec.

1890 - Em abril Sr. Emile Blin falece. Foi presidente da Société Parisienne des Études Spirites e contemporâneo de Allan Kardec na SPEE.

1890 - A sociedade administradora adquiriu um imóvel para a livraria na área da Universidade, 1 rue de Chabenais, na "Société Scientifique pour les études psychologiques" em outubro de 1890.

1890 - Em 15/10 a Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas (Société Parisienne des Études Spirites) desaparece e reaparece com uma nova denominação, Sociedade do Espiritismo Científico (Société du Spiritisme Scientifique), tendo Adolphe Laurent de Faget na presidência desta instituição; e que estavam localizados na Rue Saint-Denis 183, o mesmo endereço da antiga sede (SPEE).

1891 - Em 31/10 Dissolução da "Union Spirite Française".

1892 - Em 28/01 Sr. Jean Alexandre Chaigneau, morre aos 85 anos de idade. Foi um dos maiores expoentes do espiritismo na França. Trabalhador das primeiras horas.

1893 - A Sociedade Científica do Espiritismo se muda de nome para Sociedade da Livraria Espírita, fundada por Allan Kardec”

1893 - Em setembro de 1893, Gabriel Delanne vendeu o “Le Spiritisme” para Arthur d’Anglemont, que era «Omniteista».

1893 - 20/11/ Fundação da Fédération Spirite Universelle.

1894 - Laurent de Faget se afasta do “Le Spiritisme” devido a questões doutrinárias com Arthur d’Anglemont.

1895 - Laurent de Faget funda um novo periódico espírita, o Progrès Spirite. A Société du Spiritisme Scientifique se transfere para a nova sede na rue des Archives, 86. Paris.

1895 - Em 14/5/1895 Laurent de Faget renunciou aos comitês da Fédération Spirite Universelle e do Comitê de Propaganda.

1895 - Em 20/10/1895 Laurent de Faget é reeleito presidente da Fédération Spirite Universelle.

1896 - Dissolução da Sociedade Anônima do Fundo [ou Caixa] Geral e Central do Espiritismo (SA) que foi fundada por Amélie-Gabrielle Boudet. Os estoques dos livros são resguardadas no domicílio privado de Leymarie 12 rue de Sommerard.

1896 - Gabriel Delanne funda Société Française d´Études des Phénomènes Psychiques na rue des Gâtines em Paris.

1897 - Leymarie funda a "Librairie Leymarie Édite", e transfere os livros da antiga Livraria Espírita e se estabelece no 42, rue Saint-Jacques, Paris, e que dirigiu até 1901, e, com o seu desencarne, por sua esposa Madame Marina Duclos Leymarie, e, posteriormente, por seu filho, Paul Leymarie.

1901 - Desencarna em 10/04 P. G. Leymarie. A Srª. Marina Leymarie assume a direção da Revista Espírita até 1904.

1904 - Em 29/09 Falece Marina Duclos Leymarie. Paul Leymarie assume a Revue Spirite até 1916.

1912 - Em dezembro falece Laurent de Faget que foi dirigente do Le Progrès Spirite durante 17 anos.

1914/1918 - 1ª Guerra Mundial. A Revue Spirite  tem sua publicação suspensa até 1916.

1917 - A Revue Spirite volta a ser publicada, tendo como proprietário Jean Meyer, sendo seu diretor até 1931. Até o ano de 1924 Paul Leymarie foi seu editor.

1919 - Jean Meyer refunda a “Union Spirite Française" em Associação, tendo como presidente Gabriel Delanne e como presidente de honra Léon Denis. Fundado o Institut Metapsychique International por Jean Meyer.

1923 - Jean Meyer compra o prédio nº 8 da Rua Copernic, em Paris, onde estabelece a sede da "Union Spirite Française". Este prédio ficou conhecido como a Maison des Spirites. (Casa dos Espíritas)

1925 - A Maison des Spirites sediou o Congresso Espírita Internacional com a participação de Léon Denis e Conan Doyle, tendo como vice-presidente Jean Meyer.

1926 - Em 15/02, falece Gabriel Delanne, primeiro presidente da "Union Spirite Française".

1927 - Em 12/03, falece Léon Denis presidente de honra da "Union Spirite Française".

1931 - Desencarna Jean Meyer em 13/04 na sua vila Valrose, em Béziers, França. Seu amigo Hubert Forestier assume a direção da Revista Espírita até 1971.

1939 /1945 - Segunda Guerra Mundial. "Union Spirite Française" interrompe suas atividades.

1955 - Em 28/12/1955, falece Paul Leymarie  na comuna de Le Perreux-Sur-Marne, a "pérola do leste parisiense", no departamento de Val de Marne, aos 88 anos.

1968 - A Revue Spirite passa a ser propriedade de Hubert Forestier, que a registrou no Instituto Nacional de Proteção Industrial.

1971 - Desencarnação de Hubert Forestier. Seus herdeiros transferem os direitos da Revue Spirite para André Dumas.

1976 - André Dumas, anuncia o abandono do título da Revue Spirite e a incorpora numa publicação não espírita denominada “Renaître 2000”, e também que a "Union Spirite Française" deixa de existir em abril para dar lugar a "Union Scientifique Francophone pour l’Investigation Psychique et l’Etude de la Survivance de l’Ame".

1977 - Em 20/01, o Presidente da Federação Espírita Brasileira, Francisco Thiesen, escreveu ao Sr. André Dumas, para oficializar a proposta a quem de direito, no sentido de assumir a responsabilidade integral e definitiva pelo título e pela manutenção de “La Revue Spirite”; proposta esta que foi recusada.

1979 - No ano de 1979 ocorre o desaparecimento da Maison des Spirites pela dissolução do setor imobiliário da sociedade civil de estudos metapsíquicos. Compartilhamento entre oito co-proprietários (Notário: Maître Bourcier em Paris).

1985 - Criação da “Union Spirite Française et Francophone”, por Roger Perez. André Dumas escreve a Roger Perez, que qualquer tentativa para adquirir os direitos sobre a Revue Spirite representa concorrência desleal.

1989 - A “Union Spirite Française et Francophone”, obtém em sentença judicial a recuperação do direito de utilização do título “Revue Spirite”, perante o Tribunal de Meaux, por não ter André Dumas renovado os direitos de propriedade do título da Revista em tempo hábil. No 4º trimestre, sob o nº 1, ano 132, ressurge a “Revue Spirite”, após 12 anos de interrupção.

1992 - Fundação do Conselho Espírita Internacional (CEI), constituído em 28 de novembro de 1992 em Madri, na Espanha, que abrange 36 países.

1997 - Desencarnação de André Dumas e o encerramento da "Union Scientifique Francophone pour l’Investigation Psychique et l’Etude de la Survivance de l’Ame", que foi herdeira na antiga "Union Spirite Française".

2007 - Divergência de opiniões entre os responsáveis; a Union Spirite Française et Francophone foi dissolvida em 30 de outubro de 2007.

2007 - O Conselho Espírita Francês foi criado como uma associação sob a lei de 1901 em 9 de junho de 2007 em Denicé, perto de Lyon. É administrado colegialmente por um conselho de administração de 6 pessoas.

2018 - Outubro de 2018: transformação do Conselho Espírita Francês. Durante sua assembléia geral em dezembro de 2017 foi decidido adotar o antigo nome de Union Spirite Française et Francophone, dissolvido há pouco mais de 10 anos. Essa recriação é um forte sinal de apego às raízes e às antigas tradições ligadas ao movimento espírita francês.

2019 - Sábado, 10 de agosto, morte de Roger Perez. Ele foi o incansável presidente da Union Spirite Française et Francophone de 1985 a 2007.

CSI do Espiritismo - Imagens e registros históricos do Espiritismo

Fontes: CSI Espiritismo (Documentos Históricos do Espiritismo)

Fontes: Allan Kardec.OnLine (Manuscritos Raros e Inéditos de Allan Kardec - Museu Virtual e Historiografia do Espiritismo)

 

01 - Breve História do Espiritismo

Jorge Hessen - Os Primórdios do “Espiritismo” (Os Principais Fatos Marcantes do Movimento Espírita no Brasil)

Jorge Hessen - Movimento espírita Pós Kardec - Episódios e Declínio Doutrinário na França” (Os Principais Fatos Marcantes do Movimento Espírita Francês Pós Kardec)

 

02 - Obras Espíritas Históricas Clássicas do Espiritismo

 

Descoberta histórica: "A Edição Zero de O Livro dos Espíritos" (Villarius x Allan Kardec)

Allan Kardec - (O Livro dos Espíritos) (1ª edição - 1857) edição Bilíngüe Português/Francês (Publicado por Canuto Abreu)

Allan Kardec - O Espiritismo em sua mais simples expressão (A Primeira obra traduzida de Allan Kardec para Língua Portuguesa, traduzido do Francês por Alexandre Canu, Paris, 1862)

Artur Conan Doyle - História do Espiritismo (Obra Rara da História do Espiritismo)

Pionniers du Spiritisme en France par J. Malgras (1906) (Fr.) (Obra Rara da História do Espiritismo)

Ann Leah Underhill - The Missing Link in Modern Spiritualism (1885) (Eng.) (As Irmãs Fox)

 

03 - Congressos Espíritas Históricos Clássicos na Língua Portuguesa (Traduzidos)

Primeiro Congresso Internacional Espírita de Barcelona em 1888

Quinto Congresso Espírita Internacional de Barcelona (1934)

Congresso Espírita Londres (1898) - Gabriel Delanne

Congresso Espírita de Liège-Bélgica (1905) - Gabriel Delanne/León Denis

Conferência Popular na Sociedade Acadêmica de Paris (1917) - Félix Remo

Congresso Espírita Internacional de Paris (1925) - Léon Denis

Anais do Congresso Brasileiro de Unificação Espírita de 1948 (Congresso Espírita Brasileiro)

 

04 - Congressos Espíritas Históricos Clássicos Internacionais

 1888 Barcelone Congrès International Spirite

 Primeiro Congresso Internacional Espírita 1888 (Obra rara traduzida)

 1889 Paris Congrès Spirite International

 Congresso Espírita Londres (1898) - Gabriel Delanne (Obra rara traduzida)

 1900 Paris Congrès Spirite International

 1905 Liège Congrès Spirite 11 e 12 Juin 1905

 Congresso Espírita de Liège - Bélgica (1905) (Obra rara traduzida)

 1907 Anvers Congrès Spirite International

 1908 Liège Congrès Spirite

 1909 Jemappes Belge

 1910 Congrès Spirite Universel Bruxelles

 1911 Charleroi Congrès Spirite Belge

 1912 Congrès Belge Namur

 1913 Congrès Belge Namur

 1913 Genève Congrès Spirite International

 1923 Liège Congrès Spirite International

 1923 Varsovie II Congrès Sciences Psychiques

 1925 Paris Catalogue exposition Congrès Spirite International

 1925 Paris Congrès Spirite International

 Léon Denis - Congresso Espírita Internacional de Paris em 1925 (Obra rara traduzida)

 1927 Paris III Congrès International des Recherches Psychiques

 1928 Londres Congrès Spirite International

 1931 La Haye Congrès Spirite International

 1934 Congrès International Barcelone Photos

 1934 Congrès Spirite International Barcelone

 V Congresso Espírita Internacional da Espanha 1934 (Obra rara traduzida)

 1946 Paris Congrès Spirite Français

 Les Conférences Spirites De L'année 1884

Acessar o link com toda a lista dos Grandes Congressos Espíritas Internacionais

 

 05 - Jornais e Periódicos Espíritas Clássicos Publicados no Brasil

Jornal Espírita - O Eco de Além-Túmulo - Monitor do Espiritismo no Brasil (Ano de 1869 / 1870)

Revista Espirita (Sociedade de Estudos Espiríticos - Grupo Confúcio) (Ano de 1875)

Revista Sociedade Acadêmica Deus, Cristo e Caridade (Ano de 1881 / 1882)

Revista Reformador - Orgam Evolucionista", A serviço da Grande Causa (Ano de 1883)

Jornal Verdade e Luz - Orgam Espiritualismo Scientifico - Batuíra (Ano de 1891 / 1902)

Acessar o link com toda a lista de Jornais Espíritas Brasileiros

 

 06 - Jornais e Periódicos Espíritas Clássicos do Movimento Espírita Internacional

Allan Kardec - Revue Spirite - Journal D' Études Psychologiques (1858 /1959)

Le Spiritisme - Organe De L'Union Spirite Française (1883 / 1895)

Boletim de l'Union Spirite Française (1921 / 1935)

Survie - Union Spirite Française (1937 / 1976) (Ver a continuação pág. de cima)

La Revue Scientifique et Morale du Spiritisme (1896 /1926)

Journal Périodique - L' Union Spirite Bordelaise (1865 / 1866)

La Ruche Spirite Bordelaise - Société Spirite de Bordeaux (1863 / 1865)

Journal Du Spiritisme - Le Sauveur Des Peuples (1864 / 1865)

Jounal du Spiritisme - La Lumière (1864 / 1865)

Journal Spiritisme - La Vérité - Lyon (1863 / 1867) (1876)

Journal Périodique - Le Spiritisme A Lyon (1868) (1872)

Revue Spiritualiste (1859 /1864)

Le Progrès Spirite (1895 / 1912)

Annales des Sciences Psychiques (1891 / 1919)

Archives du Spiritisme Mondial (1923 / 1932)

La Paix Universelle (1891 / 1908)

Le Monde Psychique (1911 - 1912)

La Pensée Libre - Bulletim de La Société Parisienne des Études Spirites (1885 - 1886)

Journal du Magnétisme - La Société du Mesmérisme (1845 / 1861)

Magnetiseur Spiritualiste - Société des Magnétiseurs Spiritualistes (1849 / 1852)

 

 

Journal Le Messager - Les faits de manifestations des esprits (1888 – 1893)

 

 

La Luz del Porvenir (1879 / 1934)

Revista Mensual - El Criterio Espiritista (1868 / 1869) (1878)

El Espiritista - Revista Científica Mensual (1878)

El Espiritismo - Revista Quincenal (1872 / 1877)

Revista Espiritista - Periódico de Estudios Psicológicos (1869 / 1900)

Revista Mensual - El Buen Sentido (1875 / 1878)

El Iris de Paz (1883 / 1885)

Revista - Lumen (1923 / 1926)

 

 

La Rivista «Annali dello Spiritismo in Italia» (1876 / 1898)

Rivista Luce e Ombra (1902 / 1929)

 

 

The Spiritual Magazine (1860 / 1871)

 

Acessar o link com toda a lista dos Jornais Espíritas Internacionais

 

07 - As Primeiras Edições das Obras Codificadas por Allan Kardec em Francês

Catalogue Raisonné des Ouvrages Pouvant Servir a Fonder Une Bibliothèque Spirite (Librairie Spirite et des Sciences Psychologiques - 1° Edition, Paris, Avril 1869)

Allan Kardec - Imitation L'Évangile selon le spiritisme - 1ª Édition (1864)

Allan Kardec - L'Évangile selon le spiritisme - 2ª Édition (1865)

Allan Kardec - L'Évangile selon le spiritisme - 3ª Édition (1866) (Fr)

Allan Kardec - L'Évangile selon le spiritisme - 4ª Édition (1868) (Fr)

Allan Kardec - Le Livre des Esprits - 1ª Édition (1857) (Fr)

Allan Kardec - Le Livre des Esprits - 2ª Édition (1860) (Fr) (1ª Reproduction Historique et Rara da 2ª Édition)

Allan Kardec - Le Livre des Esprits - 6ª Édition (1860) (Fr)

Allan Kardec - Le Livre des Esprits - 14ª Édition (1866) (Fr)

Allan Kardec - Le Livre des Médium - 1ª Édition (1861) (Fr)

Allan Kardec - Le Livre des Médium - 2ª Édition (1862) (Fr)

Allan Kardec - Le Livre des Médium - 6ª Éditions (1863)

Allan Kardec - Le Livre des Médium - 11ª Éditions (1865)

Allan Kardec - Le Ciel et l'enfer ou La justice divine Selon le Spiritisme - 1ª Édition (1865) (Fr)

Allan Kardec - Le Ciel et l'enfer ou La justice divine Selon le Spiritisme - 4ª Édition (1869) (Fr)

Allan Kardec - La Genèse - Les Miracles et les Prédictions Selon le Spiritisme - 1ª Édition (1868) (Fr)

Allan Kardec - La Genèse - Les Miracles et les Prédictions Selon le Spiritisme - 2ª Édition (1868) (Fr)

Allan Kardec - La Genèse - Les Miracles et les Prédictions Selon le Spiritisme - 3ª Édition (1868) (Fr)

Allan Kardec - La Genèse - Les Miracles et les Prédictions Selon le Spiritisme - 4ª Édition (1868) (Fr)

 Allan Kardec - La Genèse - Les Miracles et les Prédictions Selon le Spiritisme - 5ª Édition - 1869 (Fr) (EDIÇÃO PERDIDA) --------------------------------------------------

Allan Kardec - La Genèse - Les Miracles et les Prédictions Selon le Spiritisme - 5ª Édition (1872) (Fr)

Allan Kardec - La Genèse - Les Miracles et les Prédictions Selon le Spiritisme - 6ª Édition (1874) (Fr)

Allan Kardec - Le Spiritisme à sa plus simple expression - 1ª Édition (1862) (Fr)

Allan Kardec - Le Spiritisme à sa plus simple expression - 9ª Édition (1869) (Fr)

Allan Kardec - Qu'est-ce que le Spiritisme - 1ª Édition (1859)

Allan Kardec - Qu'est-ce que le Spiritisme - 4ª Édition (1863) (Fr)

Allan Kardec - Qu'est-ce que le Spiritisme - 6ª Édition (1865) (Fr)

Allan Kardec - Qu'est-ce que le Spiritisme - 8ª Édition (1868) (Fr)

Allan Kardec - Résumé de la loi des phénomènes spirites - 1ª Édition (1864) (Fr)

Allan Kardec - Voyage Spirite en 1862 - 1ª Édition (1862) (Fr)

Allan Kardec - Caractères de la révélation spirite 1ª Édition (1868) (Fr)

Allan Kardec - Caractères de la révélation spirite 6ª Édition (1870) (Fr)

Allan Kardec - Instruction pratique sur les manifestations spirites - 1ª Édition (1858) (Fr)

Allan Kardec - Le Spiritisme à sa plus simple expression - 9ª Édition (1869) (Fr)

Allan Kardec - Le Spiritisme a sa Plus Simple Expression 1ª Édition (1862)

Allan Kardec - Revue Spirite - Journal D' Etutes Psycholigiques - 1ª Édition (1858/1869) (Fr)

Allan Kardec - L'obsession (Fr)

Oeuvres Posthumes / Allan Kardec - 6ª Édition (1912) (Fr)

Acessar o link com toda a lista das obras de Allan Kardec em todos idiomas