RUFINA NOEGGERATH

BOA MÃE

(BONNE MAMAN)

 

O GRANDE FAROL DO ESPIRITISMO

EM SEUS PRIMÓRDIOS

(1821 - 1908)

Biografia de Rufina Noeggerath:

Rufina Noeggerath nascida na França em 1821.

Casada com um médico hipnólogo, presume-se que foi através dele que ela foi iniciada no conhecimento do magnetismo animal e do sonambulismo magnético.

Com a morte de seu marido em 1852, ela tentou entrar em comunicação com ele, o que a levou ao Espiritismo no fim do Segundo Império da França.

Além dessa motivação, ela está interessada nas provas de sobrevivência após a morte, com uma abordagem científica.

Rufina Noeggerath eliminando assim as diferentes formas de religião e de expressão através da combinação de cada crença, em todas as formas em que a fé pode ser expressada sob a bandeira do Espiritismo.

Médium dotada, ela criou o seu próprio grupo espiritualista. Este grupo se reunia todas quartas-feiras aonde participavam ativamente os grandes luminares das artes ou das letras na França de sua época ou de seguidores do Espiritismo.

E tinha como objetivo principal ajudar todos aqueles que quisessem aprofundar a sua paixão pelas ciências espíritas.

São estas suas qualidades morais, suas bondades naturais e inesgotáveis caridades que lhe deram o apelido de Bonne Maman. (Boa Mãe)

Em 1897 e a mais antiga espírita da França com 76 anos, publica a sua principal obra espírita (La Survie) com prefácio de Camille Flammarion.

Em nada conseguiram apagar do seu espírito lúcido o grande vigor intelectual, pois ela representava "a alma do movimento espírita de sua época".

Rufina Noeggerath morreu em 1908 com a idade de 87. É o túmulo está no Cimetière Père Lachaise que é um lugar de passagem para todos os espíritas do mundo que visitam Paris.

Fontes: Centre Spirite Lyonnais Allan Kardec

Cimetière Père Lachaise

Fontes: Centre Spirite Lyonnais Allan Kardec

"A sobrevivência é uma verdade comprovada, inegável, sem qualquer dogma. Ele pode ser considerado uma religião, espera-se que seu estudo tem o efeito de libertar a mente, ao pensamento livre que é acessível a todos, independentemente de crenças religiosas"

Rufina Noeggerath "Boa Mãe"

 

RELAÇÃO DE OBRAS PARA DOWNLOAD

 

Biografia de Rufina Noeggerath

 

Rufina Noeggerath - La Survie (Fr)