JOSÉ LHOMME

Presidente de Honra da União Espírita Belga

(1938 - 1949)

O SEMEADOR DO ESPIRITISMO NA BÉLGICA

O FIEL DISCÍPULO DE ALLAN KARDEC

(1890 - 1949)

Biografia de José Lhomme:

José Lhomme. Foi fundador da Casa Espírita de Liège; diretor da Revista Espírita Belga de 1921 a 1945; membro da Federação Espírita Internacional nascida do Congresso de Liége, Bélgica, em 1923; conselheiro da Comissão Executiva dessa Federação em 1934; presidente da União Espírita Belga de 1938 até 1949 e, finalmente, como justa homenagem, recebeu o título de Presidente de Honra da União Espírita Belga.

E finalmente, como justa homenagem, recebeu o título de Presidente de Honra da União Espírita Belga, ainda em atividade.

Escreveu as seguintes obras: "Guia Metódico do Experimentador Espírita", "O Fenômeno das Mesas falantes" e "O Livro do Médium Curador", "O Além ao alcance de todos".

Foi, em suma, um fiel discípulo de Allan Kardec.

União Espírita Belga

(Participação de José Lhomme)

Encontramos vestígios de uma Federação Espírita Belga de 1882 (segundo a Revista Espírita), mas já deve ter havido grupos espíritas antes, pois encontramos na revista espírita da federação francesa a partir do ano de 1879.

A revista "La Vie D'Outre-Tombe" publicada a partir de 1894 por Charles Fritz, que foi o órgão oficial de divulgação da União Espírita Belga. Em 1913, o Sr. Charles Fraikin assumiu a presidência da Federação Espírita Belga.

Em agosto de 1927, a federação belga passou a se chamar União Espírita Belga e se constituiu em ASBL com seus estatutos que seriam revisados em 1934. Reunia muitas federações tanto no sul do país como no norte. Uma revista espírita foi publicada em holandês durante vários anos, já que as federações de Antuérpia, Ostend e Ghent eram numerosas e dinâmicas.

Vários presidentes sucederam à frente União Espírita Belga, incluindo o Sr. Louis MORET em 1937, o Sr. PIERRARD FORIMONT em 1938. Depois, o Sr. José LHOMME de 1938 a 1949. Sob sua égide a União Espírita Belga experimentou um crescimento notável: em encontros nacionais e internacionais com diversas conferencias e encontros de estudos Parapsicológicos e científicos em Charleroi, Liège, Bruxelas, Quaregnon, Ghent, Antuérpia, Oostende, Paris, etc...

Desde o início do Espiritismo, a União Espírita Belga sempre teve relações muito próximas com seus vizinhos franceses, germinando assim a ideia de uma Associação Espírita Ocidental; seria necessário esperar alguns anos antes da realização deste.

O Sr. Achille BIQUET assumiu até 1954, seguido pelo Sr. BERTRAND. Foi em 1965 que foi criada esta associação. Será uma associação de fato e será referida como ASO (Associação Espírita Ocidental). Os membros fundadores são as associações espíritas da Alemanha, França, Holanda e Bélgica.

A União Espírita Belga manteve relações estreitas e amigáveis com diferentes países. Em meados da década de 1990, atingiu o nível mais baixo de sua existência. A União Espírita Belga foi mantido até 1995, mas assumindo apenas duas federações, que se fundiram com a Fédération Spirite Liégeoise para se tornar a Federação e União Espírita Belga da província de Liege.

Pode-se até pensar que essa longa história iria acabar aí, mas na realidade um grupo de pessoas havia iniciado um trabalho fundamental para revitalizar a União Espírita Belga. Graças aos contatos estreitos com nossos irmãos brasileiros, ingleses e franceses, um novo impulso estava em andamento.

Em 1999, uma mudança fundamental ocorreu, um novo comitê foi criado e a União Espírita Belga foi reconstituída. Jean-Paul Evrard recebe a responsabilidade pela presidência. Ela é membro do movimento Mouvement Spirite Francophone.

Union Spirite Belge

1923 Liège Congrès Spirite International

José Lhomme - Conseiller de la La Fédération Spirite Internationalle - France / 1924

Ver no site O Espiritismo na Bélgica nos tempos de Allan Kardec (Revue Spirite D’Anvers)

Fontes: Canal Espírita Jorge Hessen (Documentário BBC - A Ciência e as Sessões Espíritas) (Science and the Seance)

Documentário produzido pelo respeitado canal de televisão britânico BBC, no qual temos o resgate histórico daqueles foram os mais extraordinários eventos do século XIX: as manifestações espirituais, das quais brotaram, além da Doutrina Espírita, as grandes e revolucionárias invenções tecnológicas na âmbito das telecomunicações, como o rádio e a televisão.

Fontes: Union Spirite Belge

Fontes: l'Encyclopédie Spirite

"Como se vê, o método espírita é positivo e exige a análise comparada das mensagens para assinalar os desvios e os pontos de contato, para determinar as leis espirituais que limitam a ação do ser humano; ele é uma aplicação do método racionalista, cientifico, nasceu do método do indutivo-dedutivo empregado, na psicologia, experimental."

José Lhomme "O Semeador do Espiritismo"

"As mesmas forças espirituais estão sempre ai velando pelo aperfeiçoamento moral, pela evolução daquele que tem por missão se encaminhar para o Divino."

José Lhomme "O Semeador do Espiritismo"

"Pesquisador: Instrue-te... Experimenta... Medita.... Ora..."

José Lhomme "O Semeador do Espiritismo"

 

  RELAÇÕES DE OBRAS PARA DOWNLOAD

 

José Lhomme - O além ao alcance de todos (PROCESSO DE TRADUÇÃO)

 

José Lhomme - Guia Metódico do Experimentador Espírita

 

José Lhomme - O Livro do Médium Curador

 

José Lhomme - O Fenômeno das Mesas Falantes