ERNESTO BOZZANO

O GRANDE MESTRE DA ALMA

(1862 - 1943)

 

 

OBRAs RARAs TRADUZIDAs

Apresentação do site:

Este grande Gigante do Espiritismo se aprofundou na Codificação Kardequiana trazendo um grande avanço no conhecimento da vida espiritual.

Ernesto Bozzano expôs, em uma centena de monografias, com cada tipo específico de fenômeno mediúnico, defendendo sempre a teoria espírita como a mais simples e natural explicação dos fenômenos.

Atualmente as obras deste autor são pouco lidas, como se ele virasse uma coisa de passado distante e sem nenhuma importância doutrinária. Sendo que em nossa época atual são valorizados obras de autores que somente possuem finalidade comercial e que mistificam os ensinamentos do Codificador da Doutrina Espírita "Allan Kardec".

Os  Grupos Espíritas que queiram realmente ter um aprofundamento sério da Doutrina Espírita e que não queiram se iludir com fantasias doutrinárias, as obras de Ernesto Bozzano deverão ser obras de cabeceiras.

Irmãos W.

Biografia de Ernesto Bozzano:

Ernesto Bozzano nasceu em Savona, província de Gênova, na Itália, no ano de 1861, e desencarnou em Gênova a 7 de julho de 1943.

Desde cedo interessou-se viva e precocemente por assuntos ligados à Filosofia, à Psicologia, à Astronomia, às Ciências Naturais e à Parapsicologia.

Após o estudo do livro de Aksakof principiam verdadeiramente as suas investigações metódicas no campo da “ciência da alma”. (*) O narrador refere-se à obra Animismo e Espiritismo, publicada em português pela editora FEB.

Compreende imediatamente a sua grande complexidade e sente a necessidade de penetrá-la até aos seus alicerces, de esquadrinhar as suas origens, estudá-la na história dos povos civilizados e na dos povos selvagens e proceder pessoalmente a experiências com numerosos médiuns.

A lógica irresistível dos fatos fará dele um dos defensores mais ardentes, mais autorizados, mais prestigiosos da tese espírita.

Lê primeiro as obras de Allan Kardec, Gabriel Delanne, Léon Denis, Eugène Nus, William Crookes, A. Russel Wallace, D. D. Home, Du Prel, e adquire as principais obras inglesas e americanas publicadas desde a origem do movimento.

Vai catalogando o conteúdo dessas obras por meio de um classificador alfabético, método precioso e prático que empregará durante toda sua vida.

Adquire assim uma cultura sólida e só depois considera que chegou o momento de pôr frente a frente os seus conhecimentos teóricos com as pesquisas experimentais.

Com alguns amigos, funda em Gênova a primeira Sociedade de Estudos Psíquicos: o Círculo Científico Minerva, onde faz experiências desde 1891 a 1906. Esse Círculo promove, durante quatro anos, magníficas pesquisas, nas quais os experimentadores registram manifestações de toda espécie: pancadas, movimento de objetos, transportes em plena luz e, além disso, provas de identificação espírita.

Também durante três anos faz experiências com a médium Eusápia Paladino. Obtém, especialmente, em companhia dos professores Morselli e Porro, materializações completas de fantasmas em plena luz e estando, ainda, o médium visível ao mesmo tempo.

Durante toda a sua vida, Bozzano prossegue nas suas numerosas experiências e leituras.

Durante meio século de investigações severas, nada parece indigno de uma análise atenta a esse homem de inteligência prodigiosa.

Lê os livros e revistas publicadas em todo o mundo, que versam o assunto que o apaixona. Anota todos os casos interessantes, classifica todos os fatos, dividindo-os em categorias, grupos, subgrupos, e mantém cuidadosamente em dia um quadro geral das matérias.

Esse homem infatigável dispôs assim de uma antologia extraordinária – única, porque só ele efetuou trabalho semelhante – de 1.200 classificações de fatos produzidos em todo o mundo; antologia na qual se encontram registrados todos os fenômenos supranormais e rigorosamente controlados, obtidos experimentalmente ou espontaneamente produzidos desde o início do movimento espírita até os nossos dias, isto é, durante 100 anos.

Essa coleção compreende também todas as teorias, todas as hipóteses imaginadas para explicar os fatos, todas as argumentações, quer sejam excelentes, boas, medíocres, absurdas ou voluntariamente falsas para induzir em erro, que foram formuladas para sustentar essas hipóteses.

Como todo investigador de determinado ramo da ciência, qualquer que seja, Bozzano empregou o processo de análise comparada e fê-la seguir imediatamente de uma síntese.

Nunca se aventurou a emitir conclusões de natureza geral relativamente à origem provável de certa categoria de fatos, sem primeiro ter passado em revista, analisado, comparado, todos os casos conhecidos e todas as hipóteses formuladas.

O escrúpulo que emprega na análise racional dos fatos – diz o Doutor Francesco Leti na revista italiana Mondo Occulto – corta e divide com precisão miraculosa, separando o substancial do acessório, realçando com justeza os pontos que, à primeira vista, não têm qualquer importância para ser submetidos a uma crítica mais minuciosa e a um exame mais rigoroso.

Graças a esse método, que o conduzirá à convergência das provas, critérios de toda a investigação científica; graças a essa prodigiosa massa de fatos inteligentemente reunidos, Bozzano pronuncia-se com autoridade. Rebate as hipóteses dos seus contraditores em todos os domínios do pensamento: filosófico, científico e teológico.

A sua lógica cerrada e o seu raciocínio verdadeiramente matemático tornam-no temível lutador. Sob fogo dos seus argumentos sutis, os adversários emudecem.

Cria renome cada vez maior: depressa é considerado um mestre. Mais de 200 cartas por mês, provenientes de investigadores curiosos de todas as partes do mundo, vêm interromper-lhe as meditações e o trabalho – a delicadeza mais elementar exige uma resposta para essas cartas –; colabora em numerosas revistas italianas e estrangeiras, entre as quais La Revue Spirite.

A parte essencial da sua obra consiste na publicação ininterrupta de monografias poderosas, profundas, das quais só algumas foram traduzidas em francês e inglês. Nelas reúne os fatos mais importantes de cada categoria.

Não elimina a priori qualquer hipótese, porque só tem um objetivo: o conhecimento da verdade. Não emprega frases impressionantes e vazias de sentido. Demonstra com fatos. Fatos mais importantes de cada categoria.

Ah! Por muitos anos persegui com ânsia
Também a Esfinge que se chama Verdade.
Mas o horizonte ampliava-se e o Infinito
Esta além dos confins: tudo é mistério,

A lei é o ignoto; e eis que um vislumbre
De nova ciência avança cautamente,
E um novo Credo surge; aí com essa luz,
Rápida brota a flor da Esperança.

E a seguinte poesia, intitulada Crepúsculo, termina com a quadra:

Oh! Que a um inútil imortal
Torna a invocar a sorte;
A Iside oculta ao réprobo
Revelará um sol morto.

(Poesia dedicada a sua mãe e foram inspiradas como um verdadeiro desabafo à sua inconsolável dor por tê-la perdido, tal foi a sua perplexidade e a dúvida nesse período de transição do materialismo para o espiritualismo)

De improviso, a senhora Montaldo exclama: "Oh! Mas que coisa está me acontecendo? Sinto-me como que circundada por uma influência do paraíso! Oh, que calma, que serenidade, que felicidade me invade! Indubitavelmente está presente uma entidade muito elevada, puríssima, angelical". E, assim dizendo, começou a escrever poucas palavras que, com um impulso automático, dirigiu a Bozzano. Ele lê e permanece aturdido; estavam escritos os dois últimos versinhos da epígrafe que naquela mesma manhã Bozzano havia pendurado num quadrinho na sepultura da mãe, por ocasião do primeiro aniversário da sua morte. Os versinhos são estes:

Agora e sempre
Invocando-te, oh! mãe.

Sua comoção não teve mais limites. Sentia, ou melhor, tinha a absoluta certeza de que, ao seu lado, achava-se sua mãe. Mas há outra coisa. Naquela época, ele estava com o ânimo muito opresso com os desgostos sérios e íntimos, tão íntimos que não lhe foi possível externá-los na presença do grupo. A única criatura que teria podido ser-Ihe uma boa conselheira era a mãe. Experimentou dirigir-lhe uma pergunta mentalmente e eis que obteve imediatamente a resposta, formulada porém, em tais termos, que somente ele, Bozzano, podia compreender o sentido, (como freqüentemente sucede nas sessões mediúnicas quando a entidade comunicante não quer revelar aos outros, mas apenas ao consulente, um fato íntimo ou um segredo).

Mais do que nunca, comovido e trêmulo, dirigiu uma invocação mental sobre um conselho. Este foi rapidamente dado e foi de tal forma que o levou a supor não haver nenhum equívoco. Depois do que, foi ditado: "Estou contente contigo. Continua no nobre caminho em que sei que te engajastes. Esta é a tua missão na terra. Beijo-te".

"A Psicografia que Ernesto Bozzano recebeu de sua mãe e que marcou profundamente na sua conversão ao Espiritismo"

Fontes: Carlos Bernardo Loureiro - Escritor Espírita

Fontes: Vita Oltre la Morte (Documentario sulla vita di Ernesto Bozzano)

Fontes: Vita Oltre la Morte (Silvio Ravaldini è presidente della Fondazione Biblioteca Bozzano De Boni, in questa rara intervista racconta di aver vissuto i più grandi fenomeni dell'alta medianità attraverso le facoltà di alcuni medium. Consultare per maggiori informazioni il sito della fondazione, Ernesto Bozzano, Gastone De Boni)

Fontes: Fondazione Biblioteca Bozzano De Boni

Fontes: Ricerca Sulla Vita Della Spirito (Biblioteca Espírita Italiana)

"Afirmo, sem receio de erro, que, fora da hipótese espírita, não existe nenhuma outra capaz de explicar os casos análogos ao que acabo de expor"

Ernesto Bozzano "Metapsíquica Humana"

 

RELAÇÃO DE OBRAS PARA DOWNLOAD

 

Ernesto Bozzano - Relação cronológica de suas principais obras (Carlos Bernardo Loureiro)

 

Gastone de Boni - O Biógrafo de Ernesto Bozzano (Vida e Obra de Ernesto Bozzano no Cinquentenário de sua Atividade Metapsíquica (1891 - 1941)


Ernesto Bozzano - Círculo Científico de Minerva (As origens do trabalho de Ernesto Bozzano)

 

Ernesto Bozzano - A alma nos animais (Incluindo Apêndice com Relação de obras de Ernesto Bozzano)

 

Ernesto Bozzano - A Crise da morte

 

Ernesto Bozzano - Animismo ou Espiritismo?

 

Ernesto Bozzano - Aparições de defuntos no leito de morte

 

Ernesto Bozzano - Breve História dos “raps”

 

Ernesto Bozzano - Cérebro e pensamento

 

Ernesto Bozzano - Cinco Casos de Identificação espíritos (1ª Monografia - Interessante caso de identificação espírita, 2ª Monografia - Um importante caso de identificação espírita, 3ª Monografia - Outro importante caso de identificação espírita, 4ª Monografia - Um defunto que se recorda de tudo, 5ª Monografia - O retorno de Oscar Wilde)

 

Ernesto Bozzano - Comunicações mediúnicas entre vivos

 

Ernesto Bozzano - De um impressionante e recente caso de materialização (Materialização do espírito de Rosalia) (Obra rara traduzida)   

 

Ernesto Bozzano - Em defesa da alma

 

Ernesto Bozzano - Experiências espíritas de um ministro da Igreja Anglicana

 

Ernesto Bozzano - Experiências mediúnicas e eventos de morte em sua relação com fenômenos de assombração (Obra rara traduzida)

 

Ernesto Bozzano - Fenômenos de bilocação/desdobramento

 

Ernesto Bozzano - Fenômenos de transporte

 

Ernesto Bozzano - Fenômenos premonitórios

 

Ernesto Bozzano - Fenômenos de Telecinesia em relação aos acontecimentos de morte

 

Ernesto Bozzano - Gemas, amuletos e talismãs (Contém a relação cronológica das principais obras de Ernesto Bozzano)
 

Ernesto Bozzano - Guerre e Profezie (Ital.)

 

Ernesto Bozzano - Impressionantes fenômenos de transfiguração

 

Ernesto Bozzano - Joy Snell e a Missão dos Anjos (Homenagem a Ernesto Bozzano (1862 - 1943)

 

Ernesto Bozzano - Le visioni dei morenti (Ital.)

 

Ernesto Bozzano - Literatura além-túmulo

 

Ernesto Bozzano - Luci Nel Futuro - Vol. 1 e 2 (Ital)

 

Ernesto Bozzano - Marcas e impressões supranormais de mãos de fogo

 

Ernesto Bozzano - Manifestações importantes e aparições na forma dos mortos (Obra rara traduzida)

 

Ernesto Bozzano - Materializações de espíritos em proporção minúsculas (As Materializações de Fantasmas - A penetrabilidade da matéria e outros fenômenos psíquicos por Paul Gibier)
 

Ernesto Bozzano - Materializações de “Marie”, a dançarina

 

Ernesto Bozzano - Metapsíquica humana

 

Ernesto Bozzano - Música transcendental

 

Ernesto Bozzano - O mistério de Patience Worth

 

Ernesto Bozzano - O Objeto da Vida

 

Ernesto Bozzano - O Retorno de Oscar Wilde

 

Ernesto Bozzano - Os enigmas da psicometria

 

Ernesto Bozzano - Os Fenômenos de Assombração (Obra rara traduzida)

 

Ernesto Bozzano - Os Fenômenos de Telestesia (Telepatia)

 

Ernesto Bozzano - Pensamento e vontade

 

Ernesto Bozzano - Povos primitivos e manifestações supranormais

 

Ernesto Bozzano - Reminiscência de uma vida anterior

 

Ernesto Bozzano - Remontando as origens (Círculo da Família Koons)

 

Ernesto Bozzano - Remontando as origens (J. Larkin)

 

Ernesto Bozzano - Telepatia, telemnesia e a lei da relação psíquica

 

Ernesto Bozzano - Um defunto que se recorda de tudo

 

Ernesto Bozzano - Visão panorâmica ou memória sintética na iminência da morte

 

Ernesto Bozzano - Xenoglossia

 

Baixar todas as obras de Ernesto Bozzano no arquivo zipado