SIR ARTHUR CONAN DOYLE

 HISTÓRIA DO ESPIRITISMO

 

TRADUTOR

Silvino Canuto Abreu

 

PREFÁCIO

HERCULANO PIRES

 

(VOLUME ÚNICO)

 

Título original em inglês

Arthur Conan Doyle - History of Spiritualism

President d'Honneur de La Fédération Spirite Internationale

President of the London Spiritualist Alliance

President of the British College of Psychic Science

London (1926)

Sinopse das obra:

“História do Espiritismo” pode ser considerada o mais completo documento histórico, reunido em um único volume, sobre o nascimento e expansão do Espiritismo, até à época do seu lançamento.

Nenhuma obra retrata a história do Espiritismo com tamanha riqueza de detalhes e sobretudo fidelidade aos fatos narrados. O autor foi Presidente de Honra da Federação Espírita Internacional, Presidente da Aliança Espírita de Londres e Presidente do Colégio Britânico de Ciências Psíquicas, nos séculos XIX e XX. Usou de toda a sua experiência pessoal e trabalho de pesquisa para redigir este precioso volume.

Apresentação da obra:

A INVASÃO ORGANIZADA

Arthur Conan Doyle se defronta, nesse capítulo, com a dificuldade de fixar uma data para o aparecimento do Espiritismo. Lembra que os fatos espíritas existiram desde todos os tempos, e que os espíritas ingleses e americanos costumam indicar como data inicial do movimento moderno a de 31 de março de 1848, que assinala o episódio mediúnico de Hydesville.

Prefere, entretanto, começar a sua história por Swedenborg, considerando que “uma invasão pode ser precedida pelos exploradores de vanguarda”. Reconhece, assim, a existência de uma época a que podemos chamar a pré-história do Espiritismo, com os fatos da Antiguidade e da Idade Média, e uma época de preparação do advento do Espiritismo, já nos tempos modernos.

Nessa época aparecem os patrulheiros, os elementos que exercem a função de pontas-de-lança, os que efetuam uma espécie de reconhecimento do terreno e de preparação da “invasão organizada”, que virá logo mais. Essa concepção de Doyle está de pleno acordo com as explicações que os Espíritos deram a Kardec, a respeito do assunto.

Só faltou a Conan Doyle, portanto, para bem colocar o problema, o conhecimento completo da Codificação. Com esse conhecimento, o grande escritor não teria dúvidas em admitir que o Espiritismo, como doutrina, só surgiu no mundo a 18 de abril de 1857 — numa data exata — aquela em que surgiram nas livrarias de Paris os primeiros volumes de “O Livro dos Espíritos”.

Fazendo justiça a Swedenborg, a Eduardo Irving, a Andrew Jackson Davis, “o profeta da Nova Revelação”, as irmãs Fox, cuja dolorosa história é contada nestas páginas de maneira compreensiva e ampla.

Conan Doyle narra, a seguir, a propagação do movimento espírita nos Estados Unidos, na Inglaterra, na França, na Alemanha, na Itália e nos demais países, dedicando várias páginas a médiuns notáveis como D.D. Home, os irmãos Davenport, Eddy e Holmes, Slade, Eusápia Palladino e outros.

Acompanha o desenvolvimento do interesse pelos fatos espíritas nos meios científicos, a realização das grandes experiências de repercussão mundial, como as de W. Crookes, e trata, por fim, do papel do Espiritismo em face da guerra, do seu aspecto religioso e das descrições do Além pelos Espíritos.

Temos, assim, uma obra monumental sobre o Espiritismo e o movimento espírita, escrita por um dos mais notáveis autores do nosso tempo. A publicação desta obra em português virá contribuir grandemente para maior compreensão do Espiritismo em nosso país, inclusive nos meios espíritas.

Katie Leah Underhill

Arthur Conan Doyle - History Of Spiritualism

Edward Irving

Arthur Conan Doyle - History Of Spiritualism

Hydesville

Arthur Conan Doyle - History Of Spiritualism

Katie Fox, Leah Underhill, Maggie Fox

Arthur Conan Doyle - History Of Spiritualism

Daniel Dunglas Home

Arthur Conan Doyle - History Of Spiritualism

Os Irmãos Davenport

Arthur Conan Doyle - History Of Spiritualism

Sir William Crookes

Arthur Conan Doyle - History Of Spiritualism

O teste de William Crookes para mostrar que a forma e o espírito eram entidades separadas

Arthur Conan Doyle - History Of Spiritualism

Henry Slade

Arthur Conan Doyle - History Of Spiritualism

Francis Ward Monck

Arthur Conan Doyle - History Of Spiritualism

Alfred Russel Wallace

Arthur Conan Doyle - History Of Spiritualism

Eusapia Palladino

Arthur Conan Doyle - History Of Spiritualism

William Eglinton

Arthur Conan Doyle - History Of Spiritualism

Médiuns emanando ectoplasma

Arthur Conan Doyle - History Of Spiritualism

Madame Juliette Bisson

Arthur Conan Doyle - History Of Spiritualism

Fontes: YouTube (Entrevista de Sir Arthur Conan Doyle, feita no verão de 1927. Trata-se do único registro áudio-visual conhecido do autor. Nestes breves minutos, Conan Doyle fala sobre Sherlock Holmes e o Espiritismo)

Fontes: A Project Gutenberg of Australia eBook (The History of Spiritualism, Vol. I - Author: Arthur Conan Doyle)

Fontes: A Project Gutenberg of Australia eBook (The History of Spiritualism, Vol. II - Author: Arthur Conan Doyle)

"O Espiritismo forma um conjunto de idéias e ensinamentos compatíveis com todas as religiões. Seus princípios fundamentais são a continuidade da personalidade humana e o poder de comunicações depois da morte, fatos básicos que têm uma importância primordial no Bramanismo, Maometismo, Parsismo e Cristianismo.

Além disso, o Espiritismo se avantaja a essas religiões porque se dirige a todo o mundo. Só existe uma escola com a qual é absolutamente irreconciliável: a escola do materialismo, que tem esgotado o mundo e é causa radical de todos os nossos infortúnios.

A compreensão e aceitação do Espiritismo são fatores essenciais para a salvação da Humanidade; do contrário, cada vez cairá ela mais baixo dentro do campo utilitário e egoísta do Universo."

Arthur Conan Doyle "História do Espiritismo"

"Perguntar-se-á por que as antigas religiões não salvam o mundo de sua degradação espiritual. Responderemos: todas intentaram fazê-lo, mas todas têm fracassado. As Igrejas que as representam degeneraram e se tornaram mundanas e materiais.

Perderam todo o contato com a vida do espírito e se contentaram com o referir-se aos tempos antigos e entregar-se a umas orações e a um culto externo à base de tão arrevesadas e incríveis teologias, que a inteligência honrada sente náuseas só em pensar nelas.

Ninguém há se mostrado tão céptico e incrédulo acerca das manifestações do Espiritismo como o clero, não obstante ostentar uma crença que só se funda em fatos análogos aos nossos, ocorridos outrora; sua absoluta negativa em aceitar agora esses fatos dá a medida da sinceridade de suas convicções."

Arthur Conan Doyle "História do Espiritismo"

 

RELAÇÃO DE OBRAS PARA DOWNLOAD

 

Arthur Conan Doyle - História do Espiritismo (Volume Único)

 

Arthur Conan Doyle - History of Spiritualism (1926) (Eng) (Baixar fotos na obra)