ALLAN KARDEC

RESUMO DA LEI DOS FENÔMENOS ESPÍRITAS

(Primeira iniciação ao uso de pessoas estrangeiras para o conhecimento do Espiritismo)

TRADUTOR - SALVADOR GENTILE

EM FORMATO PDF

 

Allan Kardec

Résumé de la loi des phénomènes spirites

(Première initiation, à l'usage des personnes étrangères à la connaissance du spiritisme)

Paris

59, RUE ET PASSAGE SAINT-ANNE

AU bureau de la "Revue spirite"

  (1864)

Sinopse da obra:

Com o intuito de popularizar o Espiritismo e tomar mais fácil e ágil a sua divulgação, Allan Kardec, sem prejuízo das obras básicas da Doutrina Espírita, redigiu uma série de folhetos e os distribuiu por toda a França, em valores bastante acessíveis à população interessada.

Alguns deles tiveram várias edições e alcançaram expressivo sucesso, continuando a ser reeditados mesmo após a desencarnação do Codificador. Dentre os mais conhecidos figuram: "Resumo da Lei dos Fenômenos Espíritas" e O Espiritismo em sua mais simples Expressão”.

A obra publicado por Allan Kardec "Resumo da Lei dos Fenômenos Espíritas" foi extraída da Revista Espírita de abril de 1864.

Em resumo, esses opúsculos tiveram o objetivo de fornecer aos interessados alguns dos conceitos fundamentais do Espiritismo, de forma compacta, de leitura simples e objetiva.

Temas doutrinários:

PRIMEIROS TRABALHOS ESPÍRITAS DE ALLAN KARDEC

Foi nessas reuniões, na casa da família Baudin, que ele desenvolveu seus primeiros trabalhos importantes sobre Espiritismo, muito mais pela observação do que pelas revelações.

Diz Rivail sobre o seu trabalho iniciático do Espiritismo:

"Apliquei a essa nova ciência, como o fizera até então, o método da experimentação; jamais utilizei teorias preconcebidas: observava atentamente, comparava, deduzia as consequências; dos efeitos procurava remontar às causas, pela dedução e o encadeamento lógico dos fatos, não admitindo uma explicação como válida senão quando podia resolver todas as dificuldades da questão.

Foi assim que sempre procedi em meus trabalhos anteriores, desde os 15 anos de idade. Compreendi, desde logo, a seriedade da exploração que iria empreender; entrevi, nesses fenômenos, a chave do problema, tão obscuro e tão controverso, do passado e do futuro da Humanidade, a solução do que havia procurado em toda a minha vida; era, em uma palavra, toda uma revelação nas ideias e nas crenças; seria preciso, pois, agir com circunspeção, e não levianamente; ser positivo e não idealista, para não se deixar iludir.

Um dos primeiros resultados de minhas observações foi que os Espíritos, não sendo outros senão as almas dos homens, não tinham a soberana sabedoria, nem a soberana ciência; que o seu saber estava limitado ao grau de seu adiantamento, e que a sua opinião não tinha senão o valor de uma opinião pessoal. Essa verdade, reconhecida desde o princípio, me preservou do grande escolho de crer em sua infalibilidade, e me impediu de formular teorias prematuras sobre o dizer de um só ou de alguns."

Fontes: Obras Póstumas (1890) 2ª parte

Ver no site “O Espiritismo em sua mais simples expressão”. publicado por Allan Kardec

Fontes: Canal Espírita Jorge Hessen (Allan Kardec - Resumo da lei dos Fenômenos Espíritas)

Fontes: Canal Espírita Jorge Hessen (Programa Espiritismo em Foco - Espiritismo e Ciência - Uma reflexão necessária)

Fontes: KardecPedia (Enciclopédia Allan Kardec)

"As pessoas alheias ao Espiritismo, não lhe compreendendo nem os objetivos nem os fins, dele fazem, quase sempre, uma idéia completamente falsa. O que lhe falta, sobretudo, é o conhecimento do princípio, a chave primeira dos fenômenos; à falta disso, o que vêem e o que ouvem é sem proveito e mesmo sem interesse para elas."

Allan Kardec "Resumo da lei dos Fenômenos Espíritas"

"A morte é a destruição do envoltório corporal; a alma abandona esse envoltório como troca a roupa usada, ou como a borboleta deixa sua crisálida; mas conserva seu corpo fluídico ou perispírito.

A morte do corpo livra o Espírito do envoltório que o prendia à Terra e o fazia sofrer; uma vez livre desse fardo, não tem senão seu corpo etéreo que lhe permite percorrer o espaço e vencer as distâncias com a rapidez do pensamento."

Allan Kardec "Resumo da lei dos Fenômenos Espíritas"

 

RELAÇÃO DE OBRAS PARA DOWNLOAD

 

Allan Kardec - Revista Espírita de 1864 (Resumo da Lei dos Fenômenos Espíritas Extraída da Revista Espírita de abril de 1864)

 

Allan Kardec - Resumo da lei dos Fenômenos Espíritas (Tradução - Salvador Gentile)

 

Allan Kardec - Résumé de la loi des phénomènes spirites, 1ª Édition (1864) (Fr) (Edição rara)